Talvez, de todos os anteriores, esse seja o devaneio mais sincero sobre nós dois. E hoje eu uso de analogia explícita ao tentar expressar o que pra mim é inexpressável com tantos quilômetros nos separando. Há tempos eu tentava fazer desse solo um solo fértil, capaz de sustentar a maior e mais alta das árvores. Adubei, cuidei, nivelei a acidez. Como a criança que eu talvez não queira mais ser, fantasiei que ali pudesse crescer, um dia, uma floresta. Uma grande e verde floresta, fresca e viva. Quando julguei estar finalmente pronta, plantei no cantinho do jardim uma semente. Junto de você, a reguei, e enfim ela brotou. Cresceu um pouco sem eu saber bem o que era, se fosse erva daninha, ou o mais bonito dos lírios. Erva daninha não poderia ser, não. Não nasceu a esmo, foi planejada, foi querida. Mas as horas passaram, e trasformaram-se em dias, poucos dias. O tempo imprevisível trouxe a tempestade, e coitada da minha plantinha ! Ela ficou lá, sozinha, sentindo-se rejeitada, porque voce foi embora e eu me proibi de cuidar dela. Hoje eu fui olhá-la, e senti pesar, achei que não tivesse vingado em um solo que não era fértil de forma alguma. E no lugar do lírio, tão esperado, havia um lindo e vistoso girassol, que acompanhava, como eu, o sol. Eu renasci em solo ácido, me tornei grande, e deixei de ser criança quando vi que monstros não moram debaixo da minha cama, ou dentro do meu armário. Eu tenho o mundo em minhas mãos pequenas, e no meu solo agora fértil, que eu chamo de coração, nasceu um lindo girassol amarelo, que atende por amizade.

"So he said, 'Would it be all right if we just sat and talked for a little while. If in exchange for your time I give you this smile?'. So she said, 'That's okay, as long as you can make a promise not to break my little heart or leave me all alone in the summer'."

1 Comment

  1. aymee.reis on 13 de novembro de 2009 13:00

    a amizade foi a maior e mais bela das flores que recentemente nasceram em meu jardim. -s


    -
    acho que nós passamos pelas mesmas coisas nas mesmas épocas.

     


Postar um comentário

Obrigada por comentar, :D